Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

IPE Prev e IPE Saúde suspendem atendimento presencial por 30 dias

Medida é forma de prevenção frente ao avanço das infecções por Covid-19

Publicação:

comunicados  (7)
-

Em função do aumento dos casos de infecção por Covid-19 nos últimos dias, o IPE Prev e o IPE Saúde determinaram a suspensão dos atendimentos presenciais no edifício sede, em Porto Alegre, pelo período de 30 dias, a contar de amanhã (12/01). Os usuários que já haviam realizado agendamentos serão diretamente contatados para receber orientações. Ao final do período, uma nova avaliação será feita.

No caso dos atendimentos oferecidos através do Programa Facilitadores do IPE Saúde, que prevê parcerias junto aos municípios do interior, é preciso verificar diretamente com cada prefeitura sobre o funcionamento.

Cabe destacar que todos os serviços do IPE Saúde seguem disponíveis e podem ser acessados pelo Atendimento Digital, clicando aqui.

No caso do IPE Prev, o atendimento também segue sendo realizado de forma digital e os beneficiários podem acessar as orientações de cada serviço clicando aqui.

Estado emite avisos às regiões

Na semana passada, depois de um mês sem Avisos e Alertas, o Gabinete de Crise e o Grupo de Trabalho (GT) Saúde em conjunto emitiram Avisos a todas as 21 regiões Covid do Rio Grande do Sul. O órgão ainda destacou que, recentemente, diversos países têm registrado recordes de novas contaminações de Covid-19, algumas alcançando a maior incidência de casos de toda a pandemia.

Uma vez que, em janeiro, há o período de veraneio e de férias de grande parte da população, quando ocorre maior circulação de pessoas entre as diversas regiões do Estado, para fora do Estado e do país, além de fluxo inverso para o Rio Grande do Sul, o Gabinete de Crise considera necessário redobrar os cuidados de prevenção da Covid-19, ou seja, etiqueta sanitária, distanciamento social e cumprimento dos protocolos.

Ascom IPE Saúde / IPE Prev

IPE Prev